sábado, 12 de março de 2011

CRIAÇÃO DE COELHOS

DICAS IMPORTANTES PARA A CRIAÇÃO CASEIRA DE COELHOS

Muitas pessoas querem criar coelhos, mas não sabem por onde começar. Aqui estou disponibilizando algumas informações básicas que não podem ser esquecidas para quem quer criar essas criaturinhas orelhudas.

1º PASSO: O QUE É UM COELHO?

Um coelho é um bichinho lindinho, peludinho, fofinho com 2 orelhas, 4 patas e um rabinho.


2º PASSO: UM COELHO OCUPA MUITO ESPAÇO? QUANTOS COELHOS POSSO COLOCAR POR M2?

Dá para contar?


3º PASSO: ONDE DORME O COELHO?

O lugar que eles mais gostam é suas tocas, mas você pode colocar em gaiolas nada confortáveis....


4º PASSO: COMO SE TRANSPORTA UM COELHO?

Depende do tamanho... se for grande ou médio, precisa de uma caixa de transporte comercializada em qualquer pet shop que se preze, mas se for pequeno...

até uma xícara serve!


5º PASSO: COMO SE SEGURA UM COELHO? PELAS ORELHAS?

NUNCA!! Orelhas de coelho são muito sensíveis e eles tem um carinho todo especial pelas suas orelhinhas, a melhor maneira é dar colo, como bebê.


6º PASSO: O QUE É QUE O COELHO COME?

Aqui tinha plantado além de capim comum, 10 pés de capim limão (capim santo), 3 pés de andu, 1 pé de tangerina, e comeram tudo!!!!!!!!!!!!!!


Este é só o jantar.......

7º PASSO: COMO SE DÁ DE COMER AOS COELHOS?

Tem várias opções:

dar em tigelas do tipo dos gatos, 

ou pode os deixar procurarem seu próprio alimento, 

ou você o leva até o alimento


8º PASSO: QUAL É A COMIDA QUE OS FILHOTES MAIS GOSTAM?

Leite da mamãe, sem dúvida!!!!


9º PASSO: QUANTOS FILHOTES TEM A COELHA DE CADA VEZ?

3...

8.....

9....

11....





Agora vamos falar sério. Cada dia mais pessoas estão adotando coelhos como bichos de estimação, porém muitas pessoas tem problemas de adaptação e terminam dando o soltando o bichinho na rua ao pouco tempo.

Daí surgiu a idéia de escrever um livro dedicado especificamente à criação do coelho como bicho de estimação com o intuito de auxiliar aos futuros proprietários no conhecimento e manejo do peludinho para que o bichinho não termine no olho da rua. Com o tempo a idéia do livro ganhou corpo no blog: http://coelhos-coelhas-e-coelhinhos.blogspot.com.

Vale a pena conferir. 

Postagem atualizada em 14 de março de 2012